Dilma prevê investimentos de R$ 8 bi em rodovias em 2005 e 2006

Os investimentos do governo federal nas rodovias devem somar R$ 8 bilhões neste ano e em 2006, disse hoje a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. Segundo ela, esse montante inclui verbas empenhadas para aplicação neste ano e recursos orçados para 2006. Em entrevista ao sair da sede da CNI, a ministra disse que esses recursos serão utilizados na recuperação, na duplicação e na construção de estradas. Dilma Rousseff acrescentou que, se forem levados em conta também os recursos a serem investidos nos próximos anos pelas concessionários de exploração de rodovias e pelas futuras Parcerias Público-Privadas (PPPs), o montante que deve aplicado chega a R$ 20 bilhões. Ela não especificou o período exato em que seriam investidos esses R$ 20 bilhões e deixou claro que estava fazendo apenas uma estimativa. Investimentos Dilma Rousseff afirmou que os investimentos em infra-estrutura, especialmente em logística e em energia, "são tão importantes para o País quanto garantir taxa de inflação estável e superávit comercial crescente". Acrescentou que vem dando importância aos investimentos nesses setores. Lembrou que na semana passada, por exemplo, foi criada, no âmbito da Casa Civil, uma "Sala de Situação" para acompanhar e organizar os investimentos nessas áreas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.