Dilma quer Lobão no Senado, mas ele prefere ministério

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, afirmou ontem, no Rio, que "há a ideia" de que ele deva voltar ao Senado, como presidente. A intenção seria da presidente da República, Dilma Rousseff, segundo ele.

O Estado de S.Paulo

20 de junho de 2012 | 03h04

Apesar de admitir que seria positivo retornar ao Senado como presidente, o ministro disse que não considera essa ideia boa.

"Saí da cadeira de senador e voltaria como presidente. É claro que é positivo", disse Lobão, ressaltando, no entanto, que prefere permanecer no Ministério de Minas e Energia.

"A não ser que a presidente não me queira mais", disse. Lobão participou da abertura do evento Energias Renováveis para o Desenvolvimento Sustentável,na Rio+20.

Eleito em 2010 pelo PMDB do Maranhão para seu quarto mandato no Senado, Lobão preferiu voltar ao ministério de Dilma Rousseff. Ocupa a pasta de Minas e Energia desde 2008, quando o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva o nomeou para a pasta / FERNANDA NUNES, ESPECIAL PARA A AGÊNCIA ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.