Dirceu afirma que Congresso tem aprovado medidas importantes

O ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, afirmou hoje, ao fazer um balanço das últimas ações, na reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), que o governo está criando, com a ajuda do Congresso Nacional, marcos regulatórios e medidas para atrair investimentos e garantir confiabilidade externa. Em seu primeiro discurso sobre ações do governo desde o surgimento do escândalo do caso Waldomiro Diniz, ele relatou aos conselheiros uma série de projetos enviados e que ainda serão encaminhados pelo Executivo ao Legislativo. Citou o projeto que regulariza o setor de saneamento, a lei de inovações elaborada pelo Ministério de Ciência e Tecnologia, o projeto das agências reguladoras, que ainda está em discussão, o estatuto do desarmamento, a lei de falências, o projeto de reforma do Judiciário e o projeto sobre o novo modelo do setor elétrico, que está em votação na Câmara. Ele defendeu ainda a importância do projeto de Biossegurança, já aprovado pela Câmara e em tramitação no Senado. "Posso assegurar a todos aqui e ao País que o Congresso Nacional tem votado e aprovado, talvez nas últimas décadas, as medidas mais importantes que o País reivindicava, não só a reforma tributária e previdenciária", concluiu. Com a reforma ministerial no início do ano, José Dirceu passou a cuidar quase que exclusivamente da gestão de governo, atuando diretamente com os ministérios.

Agencia Estado,

11 Março 2004 | 11h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.