Direção da CEF e funcionários chegam a acordo para reajuste

No oitavo dia de greve, os representantes dos empregados e da direção da Caixa Econômica Federal (CEF) chegaram a um consenso sobre um nova proposta de reajuste salarial. Pela nova proposta, o reajuste de 12,6% será estendido aos salários dos funcionários em cargos comissionados e função de confiança, não ficando restrito apenas ao salário-padrão da proposta inicial. A CEF também se disponibilizou a pagar um reajuste de 10% para os cargos de carreira técnica e de assessoramento com rendimentos no piso de mercado, e de 5% para os cargos da carreira negocial e de assessoramento estratégico que recebam salários no piso de mercado. Pela proposta, os empregados da CEF ainda receberão um abono de R$ 1.500 e participação nos lucros e resultados de R$ 650,00 acrescidos de 80% da remuneração básica.Para a greve ser encerrada, o acordo ainda precisa ser aprovado pela assembléia dos funcionários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.