Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Diretor da Petrobras afirma que preços não serão alterados

O diretor financeiro da Petrobras, Sérgio Gabrielli, disse hoje que a estatal não pretende modificar os preços da gasolina e do óleo diesel, porque "não há defasagem nenhuma" entre os preços dos combustíveis no mercado interno e no exterior. "O conceito de defasagem é equivocado. Os analistas estão equivocados", afirmou.Segundo ele, a Petrobras acompanha o valor dos combustíveis de 17 mercados diferentes. "Nós não queremos traduzir para o Brasil a volatilidade (oscilação) do mercado internacional. Nós não vamos associar qualquer flutuação que ocorra no mercado internacional na variação do preço no Brasil", afirmou.O executivo participou nesta manhã do evento de lançamento da seleção pública de projetos para o Programa Petrobras Fome Zero, que vai destinar R$ 303 milhões até 2006 para patrocinar projetos de erradicação da fome no País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.