Diretor da Varig descarta paralisação

O diretor de Administração e Recursos Humanos da Varig, Odilon Junqueira, descartou a possibilidade de a empresa ter seus vôos suspensos entre os dias 19 e 26 de outubro. Na sexta-feira passada, a Associação dos Pilotos da Varig (Apvar) informou que os aeronautas do Grupo FRB-Par haviam decidido pela paralisação no período, com reavaliação da proposta no próximo dia 18. "Temos recebido manifestações de apoio dos funcionários, principalmente dos pilotos, que descartam a paralisação. Diversas associações de empregados, não só da Varig, mas também da Rio Sul e da Nordeste, asseguraram a absoluta normalidade das operações no período", informou Junqueira, por meio de uma nota. Para o executivo, "está sendo feito muito barulho por nada, e a atual diretoria da Apvar e um pequeno grupo de ex-pilotos da companhia estão tentando essa mobilização virtual". Ainda segundo o diretor de RH, "diante do iminente fracasso, com certeza, na véspera do dia marcado para a pretensa greve, eles vão adiar e marcar uma nova data, apenas para se manter na mídia". Semana passada, a Apvar havia divulgado que assembléias no Rio, São Paulo e Porto Alegre, marcadas para o próximo dia 18, iriam reavaliar "o progresso dos entendimentos com a Varig, podendo inclusive cancelar esta decisão caso a empresa decida negociar a pauta de reivindicações".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.