Diretor de estatísticas da Grécia é acusado de fraude

O diretor da agência independente de estatísticas da Grécia, Andreas Georgiou, vai passar por uma investigação criminal sobre acusações de que inflou dados de déficit orçamentário do país, de acordo com reportagem no site do jornal Financial Times publicada hoje.

FILIPE DOMINGUES, Agencia Estado

27 de novembro de 2011 | 20h39

Se considerado culpado por "trair o interesse do país", Georgiou, diretor da Elstat, pode ser condenado à prisão perpétua. Ele deve se apresentar à promotoria da Grécia por crime financeiro em 12 de dezembro, segundo o FT. Sob supervisão de Georgiou, o déficit orçamentário da Grécia em 2009 foi revisado de 13,4% para 15,8% do PIB. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
criseestatísticasGréciafraude

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.