Estadão
Estadão

Diretor do Banco do Brasil é nomeado presidente da Previ

Gueitiro Matsuo Genso foi aprovado pelo conselho deliberativo do fundo de pensão; BB também anunciou mudanças

ALINE BRONZATI, O Estado de S.Paulo

20 Fevereiro 2015 | 02h05

O conselho deliberativo da Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (Previ), o maior fundo de pensão da América Latina, aprovou nesta quinta-feira o nome do executivo Gueitiro Matsuo Genso, como presidente da Previ. Genso foi o nome indicado pelo Banco do Brasil para o cargo e é considerado executivo de confiança do atual presidente da instituição, Alexandre Abreu.

Com 43 anos, Genso atuava como diretor na área de clientes do BB. Ele entrou na instituição financeira com 14 anos, como jovem aprendiz. "Foi uma decisão técnica, quando se esperava que a vaga poderia ser ocupada por algum apadrinhado político do governo", disse uma fonte.

O executivo vai ocupar a cadeira que pertencia a Dan Conrado, que saiu no ano passado. Desde então, a presidência da Previ estava sendo conduzida pelo diretor de participações do fundo de pensão, Marco Geovanne Tobias da Silva.

Mudanças. Nesta quinta-feira, o BB também anunciou mudanças em seu corpo executivo, com a saída de Aldemir Bendine e de Ivan Monteiro que foram para a Petrobrás, e Genso, que presidirá a Previ. Bendine assumiu o comando da estatal e Monteiro, considerado seu braço direito, assumiu a diretoria de finanças da petroleira.

Diante dessas mudanças, o BB confirmou nesta quinta-feira, por meio de um comunicado ao mercado, a nomeação de Leonardo Silva de Loyola Reis para a diretoria de finanças do banco, e Rogério Magno Panca para a de cartões, conforme antecipou o Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado.

Loyola Reis e Magno Panca substituem, respectivamente, Raul Francisco Moreira, que foi promovido a vice-presidente de negócios de varejo do BB, e José Maurício Pereira Coelho, que assumiu a vice-presidência de gestão financeira e relações com investidores. O BB informou ainda que Simão Luiz Kovalski será o novo diretor de clientes pessoas físicas. Ele substitui a vaga até então ocupada pelo recém-indicado presidente da Previ.

"As escolhas são positivas. O Alexandre Abreu (atual presidente do BB) está estruturando a equipe com a sua cara: pessoas simples, técnicas e focadas em resultado", disse uma fonte ao Broadcast.

Alexandre Abreu, que antes ocupava a vice-presidência de varejo do banco, assumiu no início do mês a presidência do BB. Em seu primeiro contato com a imprensa, em coletiva para comentar os resultados da instituição, na semana passada, ele disse que fará uma gestão absolutamente profissional, visando a eficiência do banco.

Graduado em administração de empresas, com MBA em marketing na PUC-RJ, Abreu entrou no BB como escriturário em 1986 na agência de Cariacica, no Espírito Santo. Antes de ser vice-presidente de varejo, exerceu os cargos de diretor de cartões e de diretor de seguros, previdência e capitalização./COLABOROU MÔNICA SCARAMUZZO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.