Diretor do FMI diz que situação econômica no mundo é 'séria'

A situação econômica mundial é séria, comtodos os países desenvolvidos sofrendo com a desaceleração dosEstados Unidos, disse nesta segunda-feira o diretor-gerente doFundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn. "A situação é séria", afirmou a repórteres após um encontrocom o presidente francês Nicolas Sarkozy. "Todos os países do mundo estão sofrendo com adesaceleração do crescimento nos Estados Unidos, todos ospaíses do mundo desenvolvido." "Afortunadamente, os países emergentes continuam a ter umaexpansão forte e vão continuar a puxar o crescimento global.Mesmo assim, não é impossível que isso possa ter um efeitomesmo sobre os países emergentes, com o crescimento menor doque o previsto", acrescentou. (Reportagem de Jean-Baptiste Vey)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.