Diretor-geral do Citi vai renunciar, diz TV

O diretor-geral do Citigroup, Robert Druskin, renunciará ao cargo, informou ontem a rede de TV americana CNBC. Ele era muito próximo do ex-presidente-executivo do Citi, Charles Prince, que deixou o cargo em novembro por causa das fortes perdas da instituição com a crise das hipotecas de alto risco (subprime) nos Estados Unidos. Terça-feira, o Citigroup nomeou para o lugar de Prince o atual presidente do banco de investimentos do grupo, Vikram Pandit. O presidente do conselho será Win Bischoff.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.