Diretora de RH da Vale deixa grupo esta semana

A mudança no comando da Vale - Murilo Ferreira assume a direção no lugar de Roger Agnelli - já teve reflexo no alto escalão da mineradora. A diretora de recursos humanos e serviços corporativos da empresa, Carla Grasso, deixa a companhia até o fim desta semana.

,

27 de abril de 2011 | 00h34

A saída da executiva era dada como certa pelo mercado. Ela entrou na Vale em 1997, logo após a privatização, inicialmente como diretora de pessoal. Foi promovida a diretora executiva por Roger Agnelli, de quem era considerada uma espécie de braço direito na empresa.

Por ser ligada ao PSDB - foi casada com Paulo Renato, ministro da Educação no governo Fernando Henrique Cardoso e secretária de previdência complementar na mesma gestão -, seu nome esteve várias vezes envolvido em rumores sobre mudanças na direção da Vale orquestradas pelo governo petista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.