Diretora diz que FMI está determinado a fechar acordo com Egito

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI) declarou neste sábado que a entidade "não vai desistir e não vai abandonar a mesa" até que um acordo de empréstimo com o Egito seja concluído.

Reuters

20 de abril de 2013 | 17h04

Christine Lagarde não quis comentar quando um acordo poderia ser fechado mas revelou que havia se encontrado com representantes do Egito paralelamente à reunião promovida pelo FMI neste fim-de-semana em Washington.

Tem havido repetidos atrasos em concluir o empréstimo propostos de 4,8 bilhões de dólares, devido à agitação política que afeta o país desde 2011, quando o presidente Hosni Mubarak foi deposto.

"Eu espero que nós continuemos com o progresso que temos obtido. É uma tarefa e nós não vamos desistir, não vamos abandonar a mesa de negociações, nós vamos continuar com o trabalho e isso tem que ser em apoio à população do Egito:, disse Lagarde em uma conferência de imprensa após a reunião de líderes do FMI.

(Reportagem de Lesley Wroughton)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROFMIEGITO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.