Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Disputa interna no Mercosul

Paraguai e Uruguai não querem ficar ''''nas mãos'''' da Argentina e Brasil e vão pressionar por condições mais favoráveis para poder importar de parceiros comerciais fora do Mercosul.Nas próximas semanas, os países do bloco vão aproveitar a pausa de um mês nas negociações da Organização Mundial do Comércio (OMC) em busca de um consenso para abrir o mercado do bloco de forma coordenada.A OMC tenta encontrar um consenso entre os países para uma abertura dos mercados no setor de bens industrializados. Mas, pelas regras da entidade, os países poderão designar áreas que terão tratamento especial e não precisarão passar pelos mesmos choques liberalizantes que outros.Por ser uma união aduaneira, o Mercosul tem uma tarifa externa comum válida para os quatro países e, portanto, os setores tidos como ''''sensíveis'''' terão de ser harmonizados.

O Estadao de S.Paulo

07 de julho de 2027 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.