Distribuição de renda é pior na América Latina, diz Iglesias

Enrique Iglesias, ex-presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e atual titular da Secretaria-Geral das Cúpulas Ibero-americanas (Segib), disse na quinta-feira que "a América Latina é a região com pior distribuição de renda"."Temos o grande problema da pobreza a resolver e isso deve preocupar profundamente a todos. Tive a oportunidade de vivenciar os problemas sociais da região em minha função no BID. E a educação é o tema central do crescimento, da eqüidade social e da democracia", afirmou Iglesias.O economista e ex-ministro das Relações Exteriores uruguaio advertiu que "sem um crescimento muito mais acelerado (na região), será difícil alcançar as metas internacionais (traçadas pela Organização das Nações Unidas) para 2015".Iglesias, que falou sobre "déficit educativo, desenvolvimento e eqüidade na América Latina", acrescentou que a região "cresce pouco" e que "é difícil explicar por que esta situação ocorre em uma área com uma grande riqueza de recursos naturais".Causas - "Para tentar entender isto, há muitas causas: as políticas formam, sem dúvida, uma delas; as sucessivas mudanças de modelos também", afirmou ex-titular do BID, na segunda jornada do Ciclo de Conferências de Primavera 2005, organizado pela Fundação Santillana no Museu de Arte Latino-Americano de Buenos Aires.A esse respeito, o economista uruguaio manifestou que a educação "é um componente muito importante para explicar o problema do baixo crescimento na América latina".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.