Distribuidoras preparam alternativa para revisão tarifária

A Associação Brasileira dos Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee) contratou a consultoria PricewaterhouseCoopers para elaborar uma proposta das distribuidoras para a revisão tarifária periódica, segundo o presidente do Conselho Diretor da entidade, Orlando González.A proposta será apresentada pelas distribuidoras ao Comitê de Revitalização da Câmara de Gestão da Crise de Energia Elétrica (GCE), que está analisando o tema, como alternativa à metodologia adotada até o momento para a revisão tarifária.A revisão tarifária periódica é parte de todos os contratos de concessão assinados entre os governos estaduais e os controladores privados das geradoras e tem o objetivo de permitir o repasse, ao consumidor, dos ganhos de produtividade computados pelas empresas após a privatização. A maior parte das empresas tem prazo de quatro anos fixado para as revisões.Segundo González, o setor não concorda com a metodologia adotada para a revisão tarifária da Escelsa, a primeira distribuidora a ser privatizada e, portanto, também a primeira a ser submetida a uma revisão das tarifas. Por conta da revisão, a Escelsa, que atende o mercado capixaba, teve sua tarifa de fornecimento de energia reduzida.González entende que o racionamento de energia vigente no segundo semestre de 2001 e no primeiro trimestre deste ano "diluiu os ganhos de produtividade conquistados pelas empresas".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.