Dívida acima de US$ 100 mil pode ser convertida a 1,2 peso

O governo argentino planeja converter as dívidas bancárias em dólares de mais de US$ 100 mil em pesos a uma taxa de 1,2 peso por dólar, noticiaram jornais argentinos. Os depósitos bancários em dólar serão convertidos por pesos à taxa originalmente esperada de 1,4 peso por dólar. As conversões de dívidas e depósitos devem ser anunciadas no sábado, como parte de um plano econômico do presidente Eduardo Duhalde para tirar o país da recessão.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.