Dívida da França sobe para 91% do PIB

A dívida da França subiu para 91% do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre, afirmou o Escritório Nacional de Estatísticas. A dívida pública da segunda maior economia da zona do euro aumentou para 43,2 bilhões de euros (US$ 55,6 bilhões) no segundo trimestre, em relação ao primeiro trimestre, totalizando 1,83 trilhão de euros.

AE, Agencia Estado

28 de setembro de 2012 | 09h48

Segundo o ministro das Finanças da França, Pierre Moscovici, a dívida pública da França atingiu um "nível absolutamente crítico", que se tornou uma ameaça para o crescimento econômico. Ao apresentar o orçamento de 2013 da França para o comitê de finanças públicas da Assembleia Nacional, Moscovici disse que o país não pode sustentar seu nível atual de dívida.

O orçamento anunciado hoje prevê que a dívida atingirá um pico de 91,3% do PIB no próximo ano, antes de começar a cair, à medida que a economia se recupera e o impacto dos impostos mais altos e cortes de gastos é sentido.

"Estamos agora em 91%, que é um nível absolutamente crítico, uma vez que todos os economistas acreditam que a dívida acima de 90% representa uma ameaça permanente ao crescimento", acrescentou.

Moscovici disse que para reverter a tendência ascendente da dívida da França será necessário um "esforço sem precedentes".

O orçamento adotado pelo governo da França define aumento de impostos e cortes de gastos no valor total de 36,9 bilhões de euros (US$ 47,6 bilhões) destinado a reduzir o déficit orçamentário de 4,5% do PIB este ano para 3% em 2013, em linha com o limite da União Europeia. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
FrançadívidaPIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.