Dívida do governo em títulos atinge R$ 1,24 trilhão

Somado à dívida externa, valor representa o endividamento total do País no mês, que ficou em R$ 1,345 trilhão

Fabio Graner e Renata Veríssimo, da Agência Estado,

26 de março de 2008 | 15h08

A Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) atingiu em fevereiro R$ 1,242 trilhão, o que representa uma alta de 3,17% ante janeiro, quando estava em R$ 1,204 trilhão. A dívida pública federal total (DPF), que inclui a dívida pública externa, somou R$ 1,345 trilhão no mês passado, com acréscimo de 2,6% ante a posição de janeiro. Os dados são do Tesouro Nacional. No crescimento da dívida interna em fevereiro, R$ 10,914 bilhões foram referentes à apropriação de juros. E o restante por conta da emissão líquida de títulos da ordem de R$ 27,3 bilhões. Na dívida interna, a participação dos papéis prefixados subiu de 34,92% em janeiro para 35,69% em fevereiro. Os títulos atrelados a índices de preços recuaram de 27,22% para 26,93%. Os papéis vinculados à Taxa Referencial (TR) passaram de 2,13% para 2,07%. A dívida indexada à taxa Selic (pós-fixada) caiu de 34,77% para 34,42% - sem considerar as operações de swap. A parcela atrelada ao câmbio recuou de 0,96% para 0,89%. Na nota do Tesouro Nacional, divulgada esta tarde, não constam as participações dos títulos no estoque da dívida após as operações de swap cambial, como tradicionalmente é divulgado.

Tudo o que sabemos sobre:
Dívida

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.