Dívida do setor público cai a 41% do PIB em setembro

Porcentual estava em 41,4% em agosto; montante era de R$ 1,415 trilhão no fim do mês passado

Célia Froufe e Fernando Nakagawa, da Agência Estado,

29 de outubro de 2010 | 10h48

A dívida líquida do setor público fechou o mês de setembro com valor correspondente a 41% do PIB, segundo informou nesta sexta-feira, 29, o Banco Central. O porcentual é menor do que o verificado em agosto, quando o indicador estava em 41,4% do PIB. De acordo com o BC, o montante registrado ao fim do mês passado correspondia a R$ 1,415 trilhão.

No acumulado do ano, o indicador apresenta recuo de 1,8 ponto porcentual, já que o índice estava em 42,8% em dezembro de 2009. Segundo o BC, os principais fatores que contribuíram para esta redução no acumulado do ano foram o superávit primário, com 2,2 pontos porcentuais do PIB e o efeito do crescimento do PIB, que contribuiu com 3,8 pp.. Por outro lado, os juros nominais elevaram o montante da dívida em 4 pontos porcentuais no decorrer do ano e a valorização cambial aumentou o total em 0,3 ponto.

O BC também informou que a dívida bruta do governo geral atingiu 59,6% do PIB em setembro, em patamar superior ao 59,4% do PIB em agosto.

Tudo o que sabemos sobre:
contas públicasdívidapibsetembro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.