finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Dívida do setor público está estável, diz Altamir Lopes

O chefe do Departamento Econômico (Depec) do Banco Central, Altamir Lopes, considera que a dívida líquida do setor público está estável. Segundo ele, a dívida líquida deve permanecer estável até o final do ano em "algo próximo" de 57,6% do PIB. "A expetativa é de continuarmos nessa trajetória mesmo porque a taxa de câmbio tem se apresentado estável", avaliou. Ele previu que em setembro a dívida líquida deve se situar nesse mesmo patamar, de 57,6% do PIB, mantendo-se uma valorização da taxa de câmbio de 1,4%. "Por aspectos metodológicos a dívida não deve cair ainda esse ano em relação ao PIB, tanto quando se observa o comportamento dos valores em reais", comentou ele, referindo a revisão do PIB pelo IBGE. "São tecnalidades", acrescentou ele. Pelos dados do BC, a dívida líquida subiu de 57,2% PIB para 57,7% do PIB de julho para agosto.

Agencia Estado,

29 de setembro de 2003 | 12h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.