Dívida do setor público recua em abril para 50,1% do PIB

A dívida líquida do setor público fechou abril em R$ 956,677 bilhões, o que equivale a 50,1% do PIB, informou hoje o Departamento Econômico do Banco Central (BC). Em março, a dívida líquida somava R$ 965,949 bilhões, ou 50,8% do PIB. A dívida líquida do setor público é representada pelo saldo líquido do endividamento do setor público não-financeiro e do Banco Central com o sistema financeiro (público e privado), com o setor privado não-financeiro e com o resto do mundo. O chefe do Departamento Econômico do Banco Central (Depec), Altamir Lopes, disse que a dívida líquida do setor público poderá fechar este mês de maio em 49,8% do PIB. A projeção, segundo Altamir, foi feita tendo como base uma taxa de câmbio em R$ 2,40 (hoje o dólar está abaixo disso, em R$ 2,3850). O chefe do Depec chamou a atenção para o fato de o valor absoluto da dívida líquida em abril (R$ 956,677 bi) ter ficado muito próximo do valor de dezembro do ano passado (R$ 956,996 bi). "Temos aí praticamente uma estabilidade da dívida em valores absolutos", disse. O chefe do Depec também destacou que a última vez em que a dívida/PIB ficou abaixo de 50% foi em abril de 2001, quando estava em 49,95% do PIB. Previsão para o final de 2005 Altamir Lopes disse ainda que a dívida líquida do setor público pode fechar o ano em 51,3% do PIB. Ele explicou que esta projeção foi feita tendo como base o cenário de mercado da pesquisa Focus para juros, câmbio e crescimento do PIB. A taxa de câmbio para o final do ano é estimada em R$ 2,70 e a taxa média de juros é projetada em 19,1%. A taxa de crescimento, por sua vez, é estimada em 3,50%. Com base neste mesmo cenário, o chefe do Depec estimou que o déficit nominal do setor público deve fechar 2005 em 3,6% do PIB. A taxa é um ponto porcentual maior que o déficit nominal de 2,6% do PIB registrado em 2004.

Agencia Estado,

30 Maio 2005 | 12h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.