Dívida externa é a menor desde dezembro de 96, diz Altamir

A dívida externa brasileira, que atingiu em julho US$ 181,608 bilhões, alcançou seu menor nível desde dezembro de 1996, segundo informou o chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Altamir Lopes. Naquele ano, a dívida ficou em US$ 173 bilhões.De acordo com Altamir, a queda de quase US$ 10 bilhões da dívida em julho se deveu basicamente à antecipação de pagamento de US$ 4,976 bilhões ao Fundo Monetário Internacional (FMI) e pagamentos de títulos da dívida (global 05 e euro 05) no valor total de US$ 2,5 bilhões.Há ainda o fato de que a taxa de rolagem da dívida está abaixo de 100% este ano. Altamir afirmou que por conta da taxa de rolagem inferior a 100% (de 70% até setembro), a tendência do endividamento externo brasileiro é de continuar em queda. Números neste anoEm julho, a dívida externa de médio e longo prazos caiu dos US$ 174,554 bilhões de junho para US$ 165,202 bilhões. A dívida de curto prazo recuou no mesmo período de US$ 16,755 bilhões para US$ 16,406 bilhões. Os dados do BC destacam ainda que, em junho, a dívida externa era de US$ 191,309 bilhões. Em dezembro de 2004, a dívida externa somava o equivalente a US$ 201,374 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.