Dívida externa é estimada em US$ 308,418 bi em julho

A dívida externa total brasileira alcançou em julho US$ 308,418 bilhões, conforme estimativa divulgada nesta quinta-feira pelo Banco Central (BC). O valor é superior à última posição consolidada da dívida, referente a março, de US$ 301,176 bilhões.

EDUARDO CUCOLO E FERNANDO NAKAGAWA, Agencia Estado

23 de agosto de 2012 | 11h33

Segundo o BC, em julho, a maior fatia da dívida estava em compromissos de longo prazo, parcela que somava US$ 268,625 bilhões. Já as dívidas de curto prazo somavam US$ 39,792 bilhões, conforme a estimativa do BC.

Quanto ao Investimento Estrangeiro Direto (IED) de US$ 8,421 bilhões em julho, o resultado é o terceiro maior da série histórica segundo dados disponibilizados pela instituição a partir de 1995. Destacaram-se no mês passado investimentos em participação no capital de US$ 3,198 bilhões na área de serviços financeiros e atividades auxiliares e de US$ 1,154 bilhão em empresas de produtos alimentícios.

Em relação à origem dos recursos, US$ 3,428 bilhões vieram da Suíça e US$ 1,465 bilhão dos Países Baixos. O resultado do mês passado está abaixo apenas dos US$ 15,374 bilhões de dezembro de 2010 e dos US$ 10,318 bilhões de junho de 2007, de acordo com a série histórica disponível na internet com início em janeiro de 1995.

Tudo o que sabemos sobre:
SETOR EXTERNOBC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.