Marcos Santos/USP Imagens
Marcos Santos/USP Imagens

Dívida pública federal fecha fevereiro em R$ 3,134 trilhões

O estoque da Dívida Pública Federal (DPF) subiu 2,66% em fevereiro, segundo dados do Tesouro Nacional; previsão do Plano Anual de Financiamento é que a Dívida Pública Federal encerre o ano entre R$ 3,45 trilhões e R$ 3,65 trilhões

Lorenna Rodrigues e Eduardo Rodrigues, Broadcast

28 de março de 2017 | 10h19

BRASÍLIA - O estoque da Dívida Pública Federal (DPF) subiu 2,66% em fevereiro, quando atingiu R$ 3,134 trilhões. Os dados foram divulgados pelo Tesouro Nacional. Em janeiro, o estoque estava em R$ 3,053 trilhões.

Essa variação é resultado de emissões líquidas de R$ 57,99 bilhões e à correção de juros no estoque da DPF de R$ 23,42 bilhões em fevereiro. 

Apenas a Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) subiu 2,80% e fechou o mês em R$ 3,020 trilhões. Já a Dívida Pública Federal externa (DPFe) ficou 0,76% menor, somando R$ 113,93 bilhões no primeiro mês do ano.

A previsão do Plano Anual de Financiamento é que a Dívida Pública Federal encerre o ano entre R$ 3,45 trilhões e R$ 3,65 trilhões.

O coordenador-geral de operações da Dívida Pública, Leandro Secunho, avaliou que a parcela da dívida a vencer em 12 meses chegou ao menor patamar da história em fevereiro, passado de 15,44% para 15,22%.

Além disso, o custo médio do estoque da dívida, de 11,34% em fevereiro, foi o menor desde agosto de 2014. “Mês a mês o custo médio da dívida vem se reduzindo, como reflexo da queda na taxa Selic”, explicou.

Tudo o que sabemos sobre:
BRASÍLIATesouro Nacional

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.