Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Dívida Pública Federal sobe 2,28%, para R$ 1,808 trilhão

A Divida Pública Federal (DPF, interna e externa, apresentou alta de 2,28%, superando a marca de R$ 1,8 trilhão. Segundo dados divulgados hoje pelo Tesouro Nacional, a DPF, em setembro, teve uma alta de R$ 40,34 bilhões. No ano, de janeiro a setembro, o estoque da DPF cresceu R$ 114,70 bilhões, aumento correspondente a 6,77%.

ADRIANA FERNANDES E FABIO GRANER, Agencia Estado

24 de outubro de 2011 | 18h50

Em setembro, o aumento da DPF foi provocado por uma emissão líquida de R$ 11,67 bilhões e um impacto de juros no estoque da dívida de R$ 28,673 bilhões. Os dados do Tesouro mostram que o crescimento da dívida, em 2011, foi decorrente sobretudo do impacto da correção dos juros no estoque da dívida, que no período alcançou R$ 160,49 bilhões. Por outro lado, o Tesouro fez um resgate líquido de papéis, nesse período de janeiro a setembro, de R$ 45,78 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
tesourodívida públicafederal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.