Dividendos maiores compensarão receitas menores, diz Augustin

Secretário do Tesouro Nacional destaca ainda que o desempenho dos investimentos é o item que o governo 'olha' com mais cuidado

Adriana Fernandes e Célia Froufe, da Agência Estado,

31 de julho de 2012 | 11h28

BRASÍLIA - O secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, disse que o aumento das receitas com dividendos pagos por empresas estatais vai compensar a redução das receitas previstas para o ano.

O secretário destacou ainda que o desempenho dos investimentos é o item que o governo "olha" com mais cuidado. "É o principal elemento para melhorar as condições econômicas do País", disse. Segundo ele, o governo trabalha para que o investimento seja o "propulsor" do crescimento da economia. "Acreditamos que o investimento no segundo semestre vai melhorar."

Augustin defendeu a decisão do governo de contabilizar as despesas do programa Minha Casa, Minha Vida como investimentos. "Ele (Minha Casa, Minha Vida) não é menos indutor do crescimento econômico. É típico investimento e tem grande efeito multiplicador econômico e de gerador de empregos", afirmou.

O secretário admitiu que os investimentos no primeiro semestre não caminharam no ritmo desejado, mas disse que serão mais fortes no segundo semestre, porque estão "se maturando". Augustin atribui o atraso à transição do PAC 1 para o PAC 2 e a trocas "relevantes" de equipes nos ministérios. 

Tudo o que sabemos sobre:
Augustindividendosreceitas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.