finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Divido, BC corta juro básico para 11,50%

O Banco Central reduziu o juro básicobrasileiro nesta quarta-feira em 0,50 ponto percentual, para11,50 por cento ao ano, em linha com expectativas do mercado. A decisão foi tomada por quatro votos a três --a minoriados diretores do Comitê de Política Monetária defendeu um cortede 0,25 ponto. "O comitê irá acompanhar a evolução do cenáriomacroeconômico até sua próxim,t,ta reunião, para então definiros próximos passos na sua estratégia de política monetária",afirmou o BC em nota. Pesquisa da Reuters na semana passada mostrou que os 30analistas consultados apostavam no corte de 0,50 ponto. Amaioria dos economistas justificava sua posição citando ocenário benigno para a inflação. "O placar mais apertado aumenta a chance de redução doritmo do corte em setembro", afirmou o economista-chefe daWestlb Brasil, Roberto Padovani. "O Banco Central mostra estar atento à atividade maisaquecida que o esperado; ao repique inflacionário de curtoprazo que pode não ser explicado apenas por um choque deoferta; e às incertezas quanto aos impactos da manutenção dameta de inflação em 4,5 por cento para 2009", acrescentou oanalista. A Confederação Nacional da Indústria divulgou nota dizendoter recebido a notícia do corte "com ânimo". Esse foi o décimo-sétimo corte da Selic e o terceiro mêsconsecutivo em que a decisão não foi tomada por unanimidade. A próxima reunião do Copom está agendada para os dias 4 e 5de setembro. (Colaborou Angela Bittencourt) (Reportagem adicional de Silvio Cascione)

ISABEL VERSIANI, REUTERS

18 de julho de 2007 | 21h12

Tudo o que sabemos sobre:
NEGOCIOSBACENCOPOMATUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.