Divulgados nomes de executivos presos pela PF na Kroll

A Kroll informou durante a tarde de hoje que os dois executivos presos pela Polícia Federal são Eduardo Gomide e Vander Giordano. Ambos respondem pela Kroll Brasil. A assessoria de comunicação da Kroll informou estar levantando os nomes de mais dois funcionários presos na mesma operação. As prisões, segundo a Polícia Federal, foram feitas sob acusação de formação de quadrilha.A operação da PF nos dois andares do escritório da Kroll, na Vila Olímpia, em São Paulo, começou às 9 horas e não tem previsão de término. A Polícia Federal informa que encontrou equipamentos de escuta telefônica.Em nota, a empresa diz estar à disposição das autoridades para prestar os esclarecimentos que forem necessários. Afirma ainda que não utilizou-se de práticas ilegais e que não houve investigação de nenhum agente do governo brasileiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.