Arte/ iFood
Arte/ iFood
Conteúdo Patrocinado

Doações ajudam a diminuir a fome e a insegurança alimentar no País

Por meio de ações conjuntas com ONGs, clientes e parceiros do iFood ajudam a levar comida a milhares de pessoas; já é possível fazer doação no momento do pedido

iFood, Estadão Blue Studio
Conteúdo de responsabilidade do anunciante

16 de dezembro de 2021 | 08h00

Como maior foodtech da América Latina, o iFood tem o compromisso de entregar comida da melhor forma possível. Ciente de sua responsabilidade social, e com a intenção de ajudar a combater a insegurança alimentar e a fome no Brasil, o iFood decidiu criar também programas que ajudam a levar comida a quem mais precisa.

Além de uma área de doação permanente dentro do aplicativo, que permite colaborar com organizações não governamentais (ONGs) como Gastromotiva, Ação Cidadania, Orgânico Solidário, Gerando Falcões e CUFA - que trabalham com entregas de refeições, alimentos ou cestas básicas digitais -, agora a doação está a um clique no próprio pedido. No carrinho, o cliente pode doar um valor que varia de R$ 2 a R$ 10. Ao finalizar o pedido, o cliente vai ser impactado por um botão perguntando se gostaria de  incluir uma doação. 

A ideia é que essa ação de doação permaneça relevante e crescente, com esse botão de doação no check-out. "Com essas ações, garantimos um ambiente seguro, fácil e transparente em que as pessoas possam exercer a sua cidadania", afirma Láislla de Gouveia, coordenadora de Sustentabilidade do iFood, especialista no tema da segurança alimentar.

Em dois anos, foram arrecadadas mais de 2.800 toneladas de alimentos distribuídos em todo o País. Por essas ações, o iFood já foi reconhecido pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) e também pelo Programa Alimentar Mundial (WFP) como empresa que tem entre suas prioridades a segurança alimentar e o combate à fome. "Durante a pandemia, a Ação da Cidadania tem atuado fortemente para combater os impactos sociais e econômicos que foram causados em milhões de brasileiros. O iFood é um parceiro nosso de longa data, e vamos juntos derrotar a fome, porque quem tem fome tem pressa", diz Kiko Afonso, diretor-executivo da ONG Ação da Cidadania.

Além de ajudar a combater a fome, é possível doar para entidades que cuidam de questões relacionadas à educação e ao meio ambiente. Por meio de doações, é possível contribuir com a regeneração da Mata Atlântica, um dos biomas mais importantes do País. A cada R$ 16 arrecadados, a ONG SOS Mata Atlântica faz o plantio de uma muda, que será cuidada por cinco anos. E Todos pela Educação investe em ações por uma educação básica de qualidade no Brasil.

Somando as ações em todas as frentes, já foram mais de R$ 14 milhões em doações que vieram dos clientes e também de empresas parceiras por meio de campanhas de matching e doações institucionais do iFood. Alimentar o futuro do mundo é uma meta do iFood - e potencializar doações que têm impacto social concreto faz parte desse sonho.

 

Tudo o que sabemos sobre:
iFoodalimentação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.