Dois grupos siderúrgicos têm interesse em se instalar no RJ

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Carlos Lessa, disse hoje que "existem dois grandes grupos siderúrgicos namorando a possibilidade de construção de uma planta industrial" no entorno do Porto de Sepetiba, no Estado do Rio. Segundo ele, são grupos nacionais e os investimentos no projeto poderão superar US$ 1 bilhão. Lessa não quis, entretanto, adiantar nenhuma outra informação sobre o projeto Em palestra em seminário sobre Revitalização do Rio, na sede da Firjan, Lessa destacou também, além do potencial do próprio porto para "reduzir os gargalos de infra-estrutura" do País, a possibilidade de desenvolvimento de empresas de etanol no norte fluminense e, ainda, de instalação de novos projetos da área farmacêutica no Rio. Para Lessa, o Rio vai se beneficiar do desenvolvimento sustentado do Brasil. "Sou otimista e acho que o Brasil terá um desenvolvimento sustentado", disse. O seminário prossegue ao longo do dia e contará com palestra do ministro chefe da Casa Civil, José Dirceu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.