bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Dois mortos em protesto na Argentina

Um confronto entre a polícia e piqueteiros na Argentina provocou a morte de duas pessoas. Pelo menos 90 manifestantes estão feridos, quatro gravemente, segundo informações do hospital Fiorito. O incidente ocorreu na ponte Pueyrredón, que une a localidade de Avellaneda, na província de Buenos Aires, à capital federal, onde os piqueteiros desempregados tinham interrompido o trânsito.O protesto teve início às 11 horas, em vários pontos do país, com o bloqueio de ruas, estradas e pontes. Eles pedem comida, emprego, medicamentos e planos sociais. A repressão policial ocorreu uma semana depois da advertência feita pelo chefe de Gabinete da Presidência, Alfredo Atanasof, de que o governo "não toleraria mais o bloqueio ao livre trânsito dos cidadãos".Homens mascarados responderam às bombas de gás e às balas de borracha atiradas pela polícia com pedras. Enquanto fugiam, os manifestantes quebraram janelas de lojas e carros. Um ônibus foi incendiado depois que o motorista e os passageiros foram forçados com armas a abandonar o veículo Leia o especial

Agencia Estado,

26 de junho de 2002 | 14h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.