Dólar abre em alta mas vira e passa a cair

Hoje é dia de formação da ptax (taxa média do dólar) e data preanunciada em que o Banco Central ficará fora do mercado. E o temor de que os interesses em torno da formação da taxa de liquidação do vencimento de US$ 1,135 bilhão de amanhã afastem o comportamento do mercado dos fundamentos levou os investidores a anteciparem ontem várias operações. Com isso, as transações de hoje devem ficar praticamente restritas às tesourarias de bancos e a tendência é de que se eleve ao máximo a ptax do dia. Os operadores avaliam que o jogo do mercado pela ptax mais conveniente pode ter a interferência do exportador. Desde que aumentaram as incertezas a respeito do timing da esperada alta da taxa de juros dos EUA, esses agentes aumentaram sua presença no mercado e têm limitado movimentos de valorização do câmbio. O dólar abriu em alta de 0,21%, cotado a R$ 2,931, mas logo depois inverteu a mão de direção e passou a ser negociado em queda. Às 11h35, caía 0,27%, cotado a R$ 2,917. Veja a cotação do dólar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.