Dólar abre em queda com Iraque e corte no Orçamento

As demonstrações de boa vontade do Iraque - que permitirá sobrevôos dos aviões-espiões norte-americanos U2 e também de aviões russos e franceses e adotará na próxima semana uma legislação específica, proibindo o uso de armas de destruição em massa - criaram expectativas de que o conflito armado no Oriente Médio possa não ocorrer, e animaram os investidores internacionais na tarde de ontem. Essas avaliações contaminaram os negócios no Brasil. Além disso, os mercados gostaram do anúncio do corte de R$ 14 bilhões no Orçamento, mais uma demonstração de austeridade do novo governo. Com essas boas notícias, o dólar abriu em queda de 0,70%, hoje, cotado a R$ 3,56. Clique aqui para acompanhar a cotação do dólar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.