Dólar abre em queda, mas já opera em alta de 0,53%

O dólar comercial iniciou o dia cotado a R$ 3,0450 na ponta de venda dos negócios, em alta de 0,23% em relação às últimas operações de sexta-feira. Às 10h24, a moeda norte-americana é negociada a R$ 3,0540, em alta de 0,53%. Até este horário, a máxima atingida foi de R$ 3,0570. Clique aqui para acompanhar a cotação do dólar. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera em queda de 1,58%. O Congresso retoma as atividades hoje, em meio a mais denúncias de revistas semanais envolvendo os presidentes do Banco Central, Henrique Meirelles e do Banco do Brasil, Cássio Casseb. Por isso mesmo, ao contrário do que o ocorreu na semana passada, quando o mercado recebeu tranqüilamente as informações que levaram ao afastamento de Luiz Augusto Candiota da diretoria do BC, desta vez o impacto pode ser maior. Menos em decorrência das próprias denúncias e mais devido às repercussões que elas devem ter no meio político.Apesar de Meirelles ter se esforçado em explicar as novas denúncias ainda durante o final de semana e já ter declarado que está disposto a ir ao Congresso prestar os esclarecimentos que os parlamentares acharem necessários, o assunto pode gerar oscilação nas cotações do dólar nesta manhã. Para criar um ambiente ainda maior de oscilação há o comportamento do preço do petróleo que não abandona o vaivém dos últimos dias. Nesta manhã, o valor do produto bateu novo recorde ao atingir US$ 43,92 o barril na bolsa eletrônica Nymex. Mas há pouco já havia recuado e registrava desvalorização, embora se mantivesse dentro da casa dos US$ 43.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.