Dólar abre estável com derrota do governo na Câmara

O mercado financeiro abriu os negócios nesta terça-feira cauteloso com a derrota do governo federal na eleição para a presidência da Câmara. O dólar abriu em leve alta de 0,04%, chegou a subir 0,16%, mas logo depois ficou estável em relação ao fechamento de segunda-feira.Já o mercado da dívida abriu pressionado e com volume de negócios superior ao habitual para esse horário, refletindo risco político, depois da decepção dos investidores, especialmente os brasileiros, com o resultado da votação. Os títulos chamados BR40 chegaram a cair 1%, segundo a corretora López León. A declaração do novo presidente da Câmara, Severino Cavalcanti (PP-PE), de que não fará oposição ao governo Lula serviu para amenizar o impacto da derrota. No entanto, só com o desenrolar do dia será possível analisar com mais clareza o comportamento dos investidores diante da maior derrota do governo Lula.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.