JF Diorio/ Estadão
JF Diorio/ Estadão

Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Dólar alcança R$ 4,40, em novo nível recorde

No mês de fevereiro a moeda americana já renovou oito vezes sua marca histórica e acumula alta de 9,46% no ano; Bolsa abriu com queda generalizada

Silvana Rocha, O Estado de S.Paulo

21 de fevereiro de 2020 | 09h19
Atualizado 21 de fevereiro de 2020 | 15h48

Com as recentes declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre um novo patamar do dólar e a alta da moeda ante divisas emergentes no exterior por causa dos temores com o coronavírus, a cotação continua avançando no Brasil. O dólar já começou esta sexta-feira, 21, quebrando a sequência de recordes do Plano Real, ao atingir máxima de R$ 4,4066, com alta de 0,35% no mercado. Depois das 12h, a moeda perdeu força e, às 13h10, era cotada a R$ 4,38, em queda de 0,27%.

O que mudou da manhã para a tarde foi uma pesquisa divulgada nos Estados. O índice de gerentes de compras, que reflete as condições de negócio na indústria dos Estados Unidos, atingiu o pior resultado em 76 meses. A avaliação era de que o mercado americano apontava, na prática, os impactos da crise do coronavírus na China, abrindo espaço para um contração econômica mundial. Com isso, o dólar perdeu força. 

No Brasil, também mexe com o câmbio a perspectiva do fechamento dos mercados no Brasil na segunda e terça-feira por causa do carnaval, com reabertura apenas na quarta-feira de cinzas, às 13 horas. Há incertezas sobre os desdobramentos dos mercados internacionais nesse período e também se vão ocorrer novos ruídos políticos no Brasil.

Os agentes financeiros afirmam que a atividade econômica fraquíssima, a inflação baixa e sinais de possíveis maiores desequilíbrios nas contas públicas sustentam um pano de fundo de cautela em meio à espera do andamento das reformas tributárias e administrativa, que ficam para depois do carnaval.

Na quinta-feira, a divisa fechou a R$ 4,3912, com valorização de 0,59%, em nova máxima histórica, a oitava somente em fevereiro. No dia, a moeda americana chegou a encostar em R$ 4,40. No ano, o dólar já subiu 9,46%.

Tudo o que sabemos sobre:
dólarcâmbio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.