ADEK BERRY/AFP
ADEK BERRY/AFP

Dólar alto faz gasto do brasileiro no exterior cair 31%

No acumulado do ano até novembro, os turistas gastaram US$ 16,1 bilhões no exterior, ante US$ 23,4 bilhões no mesmo período do ano passado

O Estado de S. Paulo

21 de dezembro de 2015 | 12h24

A alta do dólar e o encarecimento das viagens, assim como a queda da renda, fizeram os gastos dos brasileiros no exterior caírem 31%. No acumulado do ano até novembro, os turistas gastaram US$ 16,1 bilhões no exterior, ante US$ 23,4 bilhões no mesmo período do ano passado. 

Com isso, o rombo na conta de viagens está negativo em US$ 10,9 bilhões até o mês passado. Em igual período de 2014, esse valor era de US$ 17,1 bilhões. 

De acordo com o chefe do departamento econômico do Banco Central, Túlio Maciel, o saldo negativo nessa conta fechará 2015 em US$ 11,7 bilhões, cerca de 40% abaixo do registrado em 2014.

 

"O menor crescimento da renda este ano também influencia este item, mas a taxa de câmbio e o encarecimento de viagens são os maiores fatores para a queda", disse. 

Melhora. O rombo total das transações correntes - que inclui o resultado da conta de viagens - caiu para US$ 2,9 bilhões em novembro. O resultado surpreendeu positivamente, uma vez que as estimativas do mercado financeiro apontavam para um saldo negativo entre US$ 3,5 bilhões e US$ 4,6 bilhões.

Com o resultado, o rombo acumulado no ano soma US$ 56,4 bilhões, uma queda de quase 40% ante o mesmo período de 2014 (-US$ 92,5 bilhões).  

(Com informações de Célia Froufe e Eduardo Rodrigues)

Mais conteúdo sobre:
dólarviagembanco central

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.