Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Dólar alto faz Gol ter prejuízo de R$ 399,7 milhões no trimestre

Despesas com juros na companhia aérea aumentaram R$ 63,2 milhões em relação ao terceiro trimestre de 2007

Beth Moreira, da AE,

17 de novembro de 2008 | 07h52

A Gol teve um resultado financeiro negativo em R$ 399,795 milhões no terceiro trimestre de 2008, contra uma receita financeira líquida de R$ 31,591 milhões no mesmo intervalo do ano passado. Segundo a empresa, a reversão foi motivada, principalmente, pelo aumento de despesas com juros e variações monetárias e cambiais. Em seu demonstrativo do resultado financeiro referente ao período de julho a setembro, a Gol explicou que as despesas com juros aumentaram R$ 63,2 milhões em relação ao terceiro trimestre de 2007, devido, sobretudo, ao aumento de empréstimos e financiamentos. A receita financeira diminuiu R$ 57,6 milhões na mesma base de comparação, devido a um menor volume de caixa e aplicações financeiras.A perda com variação cambial foi de R$ 261,8 milhões, sem efeito caixa, e deve-se aos passivos líquidos da companhia denominados em moeda estrangeira. O impacto líquido dos ganhos de hedge cambial e das perdas em hedge de combustível no trimestre foi negativo em R$ 48 milhões.A empresa informou ainda que em 30 de setembro de 2008 possuía hedges de, aproximadamente, 3% do consumo de combustível do quarto trimestre. "A companhia não possuía hedges contratados para o consumo do primeiro trimestre de 2009 em diante", disse a Gol.A companhia aérea ressaltou ainda que ao final de setembro tinha contratados derivativos de câmbio suficientes para proteger 46%, 25% e 12% de suas obrigações de caixa do quatro trimestre de 2009 e primeiro e segundo trimestres de 2009, respectivamente."A política de gestão de riscos da companhia proíbe explicitamente a realização de apostas direcionais e transações especulativas com derivativos, e requer diversificação de transações e de contrapartes", enfatizou a empresa.Ao final do terceiro trimestre de 2008, a Gol registrava uma liquidez total de cerca de R$ 2,4 bilhões, composta por caixa e disponibilidades em R$ 723,8 milhões, contas a receber de R$ 379,2 milhões, R$ 621,8 milhões em depósitos com empresas de arrendamento e R$ 668,3 milhões depositados com a Boeing como adiantamento para aquisição de aeronaves.

Tudo o que sabemos sobre:
Golbalançodólar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.