Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Dólar bate novo recorde no Real: R$ 2,3680

Não há motivos para uma recuperação nos mercados financeiros. Essa é a justificativa dos analistas para os números registrados no mercado financeiro durante a manhã. A crise de energia no Brasil, as incertezas em relação à Argentina e o desdobramento da crise política interna não dão sinais de solução no curto prazo. Com isso, os investidores mantêm o clima de pessimismo.O dólar chegou ao patamar de R$ 2,3680 - alta de 0,94% em relação aos últimos negócios de ontem. Trata-se do novo recorde para a moeda norte-americana desde a desvalorização cambial. Na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), os investidores também se mantêm retraídos. Há pouco, a Bovespa estava em queda de 1,32%. Já os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - pagam juros de 22,960% ao ano, frente a 23,000% ao ano ontem.Em relação à Argentina, os investidores estão atentos ao anúncio da operação de troca dos papéis de curto prazo da dívida argentina por títulos mais longos. A expectativa é de que o anúncio seja feito às 17h. Apesar de não significar uma solução para os problemas econômicos do país vizinho, que se encontra em recessão há 34 meses, a operação pode dar um alívio ao mercado financeiro, pelo menos no curto prazo.Mas esse alívio deve durar pouco, pois, do lado interno, a falta de clareza em relação às conseqüências do racionamento de energia e o desenrolar da crise política ainda deixam os investidores muito inseguros. No final dessa manhã, o senador José Roberto Arruda (sem partido-DF) renunciou ao cargo. Isso aumentou a expectativa de que o senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-DF) também renuncie. Os investidores preocupam-se com a possibilidade de o senador baiano intensificar a oposição ao presidente Fernando Henrique Cardoso, o que prejudicaria ainda mais o cenário para o mercado financeiro.InvestimentosNão deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.