finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Dólar cai 1,14% e volta a ficar abaixo de R$ 2

O dólar fechou abaixo de R$ 2,00 pela primeira vez desde terça-feira da semana passada. A moeda americana recuou ontem 1,14%, para R$ 1,988.Segundo operadores, a desvalorização deveu-se ao fluxo comercial positivo, à influência favorável do risco Brasil (que despencou mais de 4%, para 200 pontos) e de oportunidades para as tesourarias de bancos e investidores zerarem posições em câmbio.A notícia de que a agência de classificação de risco Moody''''s elevou a nota do Brasil foi divulgada após o encerramento dos negócios no mercado cambial.O dólar havia ultrapassado os R$ 2,00 na quarta-feira da semana passada. Na quinta-feira, dia de maior tensão da crise nos mercados, chegou a valer R$ 2,12, mas fechou em R$ 2,092.A disparada acompanhou o nervosismo externo decorrente do contágio dos problemas no setor imobiliário americano nos mercados globais.No mercado internacional de moedas, o euro subiu levemente ante o dólar (0,08%) e chegou a US$ 1,3563. A moeda americana valorizou-se 0,50% ante o iene, para 116,28 ienes.Segundo analistas, a desvalorização da moeda japonesa mostra que os investidores já retomaram as operações conhecidas como carry-trade. Nesse tipo de transação, os investidores tomam dinheiro emprestado em países com taxa de juros baixa (como o Japão) e aplicam em países com taxas altas (como o Brasil).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.