Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Dólar cai pelo 5º dia seguido e é cotado abaixo de R$ 1,70

Bovespa começa o dia com tom positivo, mas não resiste e dá lugar à realização de lucros

Reuters e Agência Estado,

22 de fevereiro de 2008 | 11h46

O dólar recuava pela quinta sessão e era cotado abaixo de R$ 1,70 real nesta sexta-feira, 22. Na véspera, a moeda norte-americana fechou no menor patamar desde maio de 1999. Segundo operadores, a queda do dólar era patrocinada pelo fluxo favorável de recursos. Às 11h35, o dólar caía 0,64%, para R$ 1,700. Minutos antes, o recuo chegou a 0,70%, com a divisa a R$ 1,699.  Na Bolsa de Valores de São Paulo, os negócios começaram o dia em tom positivo, ainda sob efeito das apostas de que o Brasil pode ter sua nota de classificação de risco melhorada e atingir o grau de investimento. No fim da manhã, porém, o índice perdeu força e deu lugar à realização de lucros. Às 12h23, o principal índice da Bolsa caía 0,17%, aos 63.684 pontos.  Nos últimos dias, o mercado local se descolou do comportamento externo por conta dos rumores da nota de grau de investimento no Brasil. Enquanto os investidores na Bovespa ficam receosos em vender ações e correr o risco de a nova nota sair, os mercados internacionais seguem preocupados com uma recessão nos Estados Unidos. Mas, a agenda de indicadores econômicos vazia nesta sexta dá alguma trégua aos investidores internacionais e abre espaço para uma melhora também lá fora. Caso não surjam notícias ao longo do dia que reforcem os receios com os Estados Unidos, os mercados acionários mundiais devem ter um dia de valorização.

Tudo o que sabemos sobre:
PNETDOLARQUEDA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.