Reuters
Reuters

Dólar caro faz brasileiro gastar menos lá fora

Valor é 17% menor que o déficit registrado em novembro de 2017, de US$ 1,110 bilhão

Fabrício de Castro e Fernando Nakagawa, O Estado de S.Paulo

22 de dezembro de 2018 | 05h00

BRASÍLIA - Com a alta do dólar nos últimos meses, os brasileiros seguem reduzindo os gastos com viagens ao exterior. Dados do Banco Central mostraram ontem que, em novembro, o déficit na conta de viagens do balanço de pagamentos foi de US$ 921 milhões.

O valor é 17% menor que o déficit registrado em novembro de 2017, de US$ 1,110 bilhão.

O montante considera as despesas de brasileiros em viagem ao exterior, que somaram US$ 1,385 bilhão no mês passado, menos os gastos de estrangeiros no Brasil, que foram de US$ 464 milhões. Um ano antes, o déficit em viagens havia sido 15% mais alto, de US$ 1,595 bilhão.

Dados do Estadão/Broadcast mostram que, em novembro, o dólar turismo foi negociado em média a R$ 3,93. Em novembro de 2017, o valor médio havia sido de R$ 3,40. 

Tudo o que sabemos sobre:
dólarturismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.