seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Dólar chega a R$ 2,7520

Por volta das 12h30, o dólar comercial chegou a R$ 2,7520 na ponta de venda dos negócios, uma alta de 1,47% em relação aos últimos negócios de ontem. Esse é o patamar mais elevado desde 24 de outubro, quando a moeda norte-americana foi vendida a 2,7610. No início do dia, o dólar foi vendido a R$ 2,7320 e o patamar mínimo do dia foi de R$ 2,7200.Os C-Bonds - principais títulos da dívida brasileira - estão cotados a 66,938 centavos por dólar. Ontem encerram o dia em 67,000 centavos por dólar. A desvalorização é de 0,09%. A taxa de risco-país, que mede a confiança dos investidores em relação à capacidade de pagamento da dívida do país - chegou a 1.272 pontos base.A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera com leve alta de 0,18%. No mercado de juros, os contratos de DI futuro com vencimento em janeiro de 2003, negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) pagam taxas de 21,300% ao ano, frente a 20,450% ao ano registrados ontem. O principal motivo para o nervosismo apresentado pelos investidores nos últimos dias é o elevado grau de incertezas em relação ao próximo governo e à forma como a dívida do País será administrada a partir daí.Veja mais informações sobre os mercados nos links abaixo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.