carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Dólar comercial começa o dia em baixa

Ainda se acomodando à nova forma de rolagem de dívida cambial adotada pelo Banco Central, o dólar abriu em baixa de 0,50%, hoje, cotado a R$ 3,015. Às 10h28, caía 0,53%, a R$ 3,014. A previsão de operadores é de que o dólar operar ao longo do dia próximo da estabilidade. Uma tendência para a queda poderá ser definida por conta do ingresso de recursos no mercado, via captações do setor privado. Notícias positivas foram divulgadas ontem após o encerramento do pregão, o que poderá favorecer os negócios hoje, já na abertura. A executiva nacional do PMDB decidiu apoiar o governo no Congresso, o que tende a facilitar a aprovação das reformas tributária e da Previdência.O Bradesco iniciou uma nova captação externa de US$ 50 milhões, pelo prazo de 18 meses, com taxa entre 4,75% e 5% ao ano. A última operação feita pelo banco, também de 18 meses, foi em abril e teve taxa de 5,30% ao ano. O Bradesco também obteve US$ 180 milhões para empréstimos à exportacão concedidos pelo BID, IFC e bancos privados. Clique aqui para acompanhar a cotação do dólar.

Agencia Estado,

28 de maio de 2003 | 10h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.