Dólar comercial em alta nesta sexta

O dólar abriu em alta de 0,28%, valendo R$ 2,91; a alta chegou a aumentar até 0,45%, mas, em seguida, ela perdeu força. Às 10h56, subia 0,07%, cotado a R$ 2,904. As captações externas que estavam na expectativa do mercado de câmbio continuam se confirmando. Depois da Bradespar, da Coimex e do BMG, foi a vez da Petrobras, ontem à noite, anunciar que encerrou sua emissão de US$ 250 milhões. Por isso, a cotação do dólar mantém-se ao redor de R$ 2,90, apesar do mercado permanecer intrigado e incomodado com os dados do fluxo cambial divulgados na quarta-feira (saída de US$ 1,578 bilhão nos primeiros 10 dias de setembro). A avaliação dos operadores é de que as confirmações das emissões que foram preanunciadas serão suficientes para manter a cotação do dólar próxima da estabilidade na abertura. Até porque parte do efeito dessas entradas foi antecipado. Veja a cotação do dólar.

Agencia Estado,

19 de setembro de 2003 | 10h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.