Dólar comercial fecha em alta de 1,15%, cotado a R$ 2,4070

O dólar comercial encerrou o dia cotado a R$ 2,4070 na ponta de venda dos negócios, em alta de 1,15% em relação aos últimos negócios de ontem. Trata-se do patamar mais alto desde 28 de julho de 2005. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a máxima de R$ 2,3870 e a mínima de R$ 2,3440. O dólar comercial manteve-se em alta durante quase todo o dia pelo baixo volume de negócios, com maior saída de recursos; devido à alta externa da moeda americana ante o euro; e pelo aumento do risco Brasil - taxa que mede a desconfiança do investidor estrangeiro em relação à capacidade de pagamento da dívida do País. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), por sua vez, registrava queda de 1,75% às 16h46. Segundo analistas, esse movimento também pode ter relação com alguma precaução dos investidores, tendo vista a proximidade do fim de semana, quando podem surgir novos fatos relacionados à crise política. Por enquanto, o depoimento do ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, à CPI do Mensalão, não trouxe novidade bombástica, por isso, é monitorado sem influenciar os negócios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.