Epitácio Pessoa/Estadão
Epitácio Pessoa/Estadão

Dólar deve fechar 2015 em R$ 2,90, prevê mercado

Boletim Focus, divulgado nesta quarta-feira pelo Banco Central, elevou a sua projeção anterior, de R$ 2,80

Victor Martins, Agência Estado

18 Fevereiro 2015 | 13h28

O dólar ainda deve subir mais até o fim do ano - divulgou nesta quarta-feira, 18, o Banco Central, por meio do boletim Focus. A divisa americana deve chegar ao fim de 2015 em R$ 2,90. Até a semana passada, a expectativa era de uma taxa menor, de R$ 2,80. Para 2016 também houve elevação, subiu de R$ 2,90 para R$ 2,93. Há quatro semanas, a expectativa para era de R$ 2,85.

Para o câmbio médio também houve alteração. As previsões para 2015 subiram de R$ 2,73 para R$ 2,81 - um mês antes estavam em R$ 2,72. Para 2016, passaram de R$ 2,82 para R$ 2,84. Quatro semanas atrás estava em R$ 2,77.

Essa previsão de alta do dólar, no entanto, não impactou nas projeções para as contas externas. A expectativa de déficit se manteve em US$ 78 bilhões, mesmo número há quatro semanas. Para 2016 houve uma pequena correção, subiu de US$ 69 bilhões para US$ 69,25 bilhões.

O Investimento Estrangeiro Direto (IED), segundo o Focus, deve ficar em US$ 60 bilhões em 2015, mesmo número do boletim anterior. Para 2016, a expectativa também é de US$ 60 bilhões. Na semana anterior, a estimativa era ligeiramente menor, de US$ 59,5 bilhões.

O boletim Focus informou ainda que a dívida líquida do setor público em relação ao PIB deve ser maior que o previsto há uma semana: a estimativa passou de 37,20% do PIB para 38%. Para 2016, subiu de 37,80% para 38,55%. 

Mais conteúdo sobre:
dolar,focus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.