Dólar em alta na sexta-feira 13 nervosa

A sexta-feira 13 começou como uma bomba sobre o Palácio do Planalto e sinalizando ser um dia difícil também para o mercado financeiro. Reportagem publicada pela revista Época mostra o subchefe de Assuntos Parlamentares da Presidência da República, Waldomiro Diniz, negociando licitação com um bicheiro em troca de propina e verba de campanha para o PT. Os fatos relatados ocorreram em 2002. Além disso, havia rumores nas mesas de operações de que o resultado do IPCA vazou para parte dos investidores e mostraria resultado acima do esperado, enterrando o otimismo recentemente criado pelos índices parciais de fevereiro, que surpreenderam para o lado positivo. A tensão criada logo cedo em torno desses dois fatos levou à antecipação da abertura do dólar, que ocorreu antes da divulgação do IPCA, às 9h30. O primeiro negócio do dia foi feito a R$ 2,92, com alta de 0,83%. Às 12h36, o dólar subia 0,24%, cotado a R$ 2,903. Veja a cotação do dólar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.