Dólar está na máxima do dia: R$ 1,9440

O mercado de câmbio continua nervoso hoje. A cotação do dólar chegou a R$ 1,9440. O Banco Central realizará em instantes um leilão de títulos cambiais de três anos. Apesar da diminuição do prazo dos títulos de cinco para três anos, os analistas continuam afirmando que o mercado prefere prazos ainda mais curtos, de até dois anos. O que se comenta entre os operadores é que os papéis leiloados agora terão vencimento no final de 2003, após a posse do sucessor do presidente Fernando Henrique Cardoso. Isto traria uma incerteza adicional. O cenário pessimista para o câmbio é agravado pela soma dos efeitos da crise político-econômica da Argentina, alta do preço petróleo e conflitos entre israelenses e palestinos no Oriente Médio. Esse panorama traz muitas incertezas ao mercado financeiro, o que provoca um aumento da demanda por operações de hedge (segurança), comprando dólares para proteger-se das incertezas. Há pouco, o dólar continuava na máxima R$ 1,9440 na ponta de venda dos negócios - alta de 0,73% em relação aos últimos negócios de ontem.Mesmo com a continuidade de notícias positivas no mercado interno, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) continua com um desempenho frustrante. A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) revisou sua projeção de inflação de 0,30% para 0,20% para outubro. Enquanto isso, a Bovespa opera em alta de 0,66%. Os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - pagam juros de 18,500% ao ano, frente a 18,110% ao ano registrados ontem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.