Dólar fecha a R$ 2,744, menor valor desde junho de 2002

O dólar comercial operou em baixa o dia todo e caiu 0,40%, para fechar em R$ 2,744. Este é o menor valor da moeda norte-americana desde junho de 2002. A queda das cotações à vista refletiu o firme movimento de venda de dólar futuro na BM&F.O fluxo financeiro à vista foi negativo e o comercial equilibrado. A atuação das tesourarias locais e de instituições estrangeiras na venda de dólar futuro na BM&F, com efeito sobre o mercado à vista, teve forte correlação com o movimento de investidores estrangeiros migrando para outras moedas, como o euro e o iene.Internamente, a percepção de que o Banco Central poderá aumentar de novo a Selic em dezembro e talvez em janeiro teria estimulado as operações de venda de contratos futuros. Já que o BC tem como prioridade o controle da inflação, e estaria se valendo de um dólar fraco como instrumento de política monetária, os investidores estão trocando posições em moeda americana para reais, dada a perspectiva de elevação do juro aqui e nos Estados Unidos.O mercado acionário brasileiro não teve fôlego para manter a alta, por causa de Wall Street. Nos Estados Unidos, pesaram a nova elevação do petróleo futuro e a fragilidade do dólar. Na Bovespa, o volume financeiro foi de R$ 1,411 bilhão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.